quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Emagrecer dói?


Emagrecer dói, para mim, também!

Toda experiência de aprendizagem se inicia com uma experiência afetiva. É a fome que põe em funcionamento o aparelho pensador. Fome é afeto. O pensamento nasce da fome. É o movimento da alma na busca do objeto de sua fome. É o Eros platônico, a fome que faz a alma voar em busca do fruto sonhado.






Não me lembro do dia em que, minha atenção não esteve voltada para as questões do emagrecimento.

Cresci sob a ameaça do meu próprio corpo que insistia em se deformar a cada momento de crise emocional. Não havia distúrbios orgânicos mas, engordar era a saída que eu encontrava para lidar com minhas dificuldades.


Ninguém emagrece efetivamente sem reorganizar a vida e preparar-se para este evento. Emagrecer e ficar magro é uma condição que exige competência para lidar com a força imposta pela nova imagem corporal adquirida através do tratamento.

Martins – 1994



conheçam o site

http://www.emagrece rdoi.net/ html/laura. html

Um comentário:

Tais disse...

Olá rosinha...

Adorei o teu post! A sério!
Essa parte de ter que se organizar pra emagrecer e super real comigo. Sempre que penso em voltar pra RA tenho que está com tudo em ordem, tipo: a casa faxinada e arrumada, as ropas em dia (lavadas e passadas), a dispensa completa com coisas que programei pra meu cardápio e tudo mais... interessante!

Bjinhos lights... fica bem!